O que é um Genograma?

O genograma é a representação gráfica da família. Nele são representados os diferentes membros da família, o padrão de relacionamento entre eles e as suas principais morbidades Podem ser acrescentados dados como ocupação, hábitos, grau de escolaridade e dados relevantes da família, entre outros, de acordo com o objetivo do profissional. Enfim, é um diagrama no qual está representada a estrutura familiar.
A demonstração gráfica da situação permite que o indivíduo pare e reflita sobre a dinâmica familiar, os problemas mais comuns que a afligem e o enfrentamento do problema pelos membros da família. Apresentamos para você, agora, algumas das regras para elaboração do genograma.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

A família de Mariana

Mariana, de 14 anos, é filha de Marcos e Sandra, atualmente separados.
Mariana tem três irmãs, Flávia (32), Renata (31) e Paula (28), que são filhas do seu pai, Marcos, com Débora, de quem já se separou há tempos.
Marcos, atualmente, mora com sua mãe viúva, Ester (80).
Mariana mora com sua mãe e Fernando, segundo marido de sua mãe, em uma união estável. Dessa relação, nasceram Ricardo (7) e Cláudia (6). Fernando, por sua vez, do casamento com Kátia, tem os filhos Felipe (14) e Fernanda (15). E então, Felipe e Fernanda são irmãos da Mariana?

Figura 2 – Representação de uma configuração familiar.

A Figura representa a forma habitual da representação de famílias, por intermédio de registros fotográficos. São os porta-retratos ou álbuns de família. vamos ver agora outra forma de representar configurações de família, em um modelo para anotações e estudos: o genograma ou genetograma. Neste momento, apenas como introdução, vamos ver um registro mais simplificado.

Genograma da família de Mariana

Compare o genograma da figura com as informações sobre a família de Mariana, nossa pessoa índice.
1. Marcos (1955 – 56 anos) foi casado com Débora (1958 – 53 anos), com quem teve as três filhas Flávia (1978 – 33 anos), Renata (1979 – 34 anos) e Paula (1982 – 29 anos), que vivem com a mãe.
2. Marcos (1955 – 56 anos), após separação de Débora, casou-se com Sandra, com quem teve a filha Mariana (1997 – 14 anos), nossa pessoa-índice (PI), que queixa-se de crises reentrantes de asma (ASMA). Separou-se de Sandra, com quem tem relações conflituosas. O genograma mostra sua mãe Ester (1931 – 80 anos), com quem mora e tem relação próxima. Ester tem deficiência auditiva (DEFAUD) e Diabetes (DIA). Seu pai (1932 - 2009) faleceu com 77 anos.
3. Sandra está casada com Fernando (1965 – 46 anos), com quem relação muito estreita e dois filhos pequenos: Ricardo (2004 – 7 anos) e Cláudia (2005 – 8 anos).
4. Kátia é ex-mulher de Fernando, com quem teve os filhos Fernanda (1990 – 21 anos) e Felipe (1991 – 20 anos).
Qual o conceito de família que você formaria a partir da família de Mariana?
Voltemos à pergunta anterior: Mariana é irmã de Felipe e Fernanda? É mais fácil compreender as relações familiares no álbum de fotografias ou no genograma?